Quem somos

Minha foto

Somos duas pessoas que através de uma linda jornada dentro do eu, fruto de um trabalho terapeutico maravilhoso ficamos encantadas com as próprias descobertas, resultados e cura, esse conjunto de coisas aconteceu como consequência de uma conexão honesta, sólida e humana entre terapeuta e paciente. Diante de tantas alegrias e descobertas fomos movidas a por um sentimento de comprometimento pelo próximo, que nos levou a criar este blog, para que vocês usufruam e apliquem em suas vidas (se lhes for útil) nossas metáforas, imagens e meditações. Aproveitem!
Com carinho,
Clarissa e Keli

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

AMIZADE!


Quando estava jantando fora com minha amiga, falávamos do blog (click luz), ela então me sugeriu que falasse de amizade, que para ela é o tema mais bonito que existe e lembrou que o mais triste para ela, seria saudade. Sinceramente, não me sinto apta a falar de amizade e seus aspectos, mas vou falar como me sinto em relação a amizade e como elas acontecem e aconteceram na minha vida. Vou falar das amizades femininas que fiz, pois meu mundo é muito feminino e pra mim se torna mais fácil, mas não esqueço dos amigos irmãos que fiz nessa trajetória da vida, que me enriqueceram da mesma forma. E se alguém disser que amizade entre homem e mulher não existe...Eu vou retrucar! Pois elas existem sim!
Nada é mais lindo, precioso, caloroso e colorido como uma amizade.
Ainda não descobri se é um tesouro que brota do coração da gente, ou se é um presente de Deus, mas não sei se isso realmente importa, pois o sentimento que me traz é que sou verdadeiramente abençoada e afortunada pelas amizades na minha vida, com certeza as palavras serão pequenas perto do que elas significam para mim.
Aprendo tanto com as amizades, que não tenho como calcular o quanto engrandece minha alma, presente incalculável.
Tem aquelas amigas de uma vida inteirinha, o que mais me deixa impressionada neste tipo de amizade é que essas amigas sabem TUDO da gente, o bom e o ruim e continuam acreditando que as poucas coisas boas que temos no nosso coração ainda compensam sermos amigas e mantem a amizade apesar de tudo! OBRIGADA a essas amigas irmãs. Tem aquelas que não vemos e que se transformam completamente, escolhem caminhos deferentes e distantes e quando as reencontramos é como se não tivéssemos nos afastado um segundo. Acho que em algum plano astral, espiritual ou energético nossas almas continuam a conversar, de alguma forma, como se fosse um pacto espiritual e quando estamos juntas, parece que reintegramos uma parte do nosso ser, que estávamos com saudades de vivenciar.
Tem aquelas amigas que não levávamos muita fé, eram “mornas”, essas na verdade só precisavam de mais tempo para desabrochar, não buscávamos tanta convivência, mas de uma forma ou de outra estavam  sempre ali! Então, nos damos conta que, durante uma vida inteira, silenciosamente nos amaram, apoiaram, acreditaram, torceram por nós e em algum momento a vida nos abençoou com maior proximidade, aí vivemos momentos mágicos, sem palavras, na linguagem que só as  amigas conhecem: Obrigada Deus, como sou abençoada por essa amiga e faça que a nossa amizade cresça mais e mais. Então o elo está formado para sempre. Há algumas com as quais há um pouco de dificuldade para estabelecer uma comunicação adequada, mas com certeza combinamos com Deus que elas estivessem na nossa vida para que soubéssemos valorizar as belezas sutis, a delicadeza e a doçura da  amizade.
Tem as amigas com opiniões distintas, bem diferente de nós, mas que temos muito apreço, e por serem diferentes de nós nos atraem para que possamos aprender com elas outros pontos de vista, as amamos porque nos ajudam a  exercitar mais nossa compreensão e acabamos investindo muito nessa amizade, mas algo em algum momento afasta, gera inveja, rancor ou mágoa, queremos reverter a situação mas não temos mais espaço para isso. E nos perguntamos:  O que faltou nessa amizade? Acho que a conversa das almas, a cumplicidade, acreditar na relação, viver ela de forma pura. O que fazer? Nessas ocasiões acho que é melhor deixar acontecer, e não se insistir na amizade, pois amizade não se obriga, não se força. É mais gostoso quando simplesmente acontece, então deixar ir é a melhor maneira de lidar com isso, apesar de sempre lembrar dos bons momentos que passamos juntas e de tudo que foi construído neste tempo. Gostaria que elas soubessem que  eu deixo sempre uma janelinha aberta, para que quando esteja pronta para uma conversa de almas ela volte, e se não estiver, posso amar de longe.
Um pastor, um dia me falou, que nem sempre o verdadeiro amigo é aquele que está do teu lado na dificuldade, mas aquele que vibra com seu sucesso, que está contente ao seu lado quando você está feliz,  acredito nisso, mas não há receitas para reconhecer uma amiga, o coração sente e pronto, sabemos que é importante e pronto! Todos erramos e amadurecemos, por isso, não há como avaliar ou classificar amigas, apenas vivê-las.
Tem aquelas amigas que são irmãs de sangue,  saber ser amiga da irmã é enriquecedor, aprendemos com elas. E elas têm o poder de dizer o que precisa ser dito, o que você precisa, não  o que gostaria de ouvir, coisas que ninguém tem coragem de dizer, essas coisas só elas podem falar, pode doer um pouco, ficamos com raiva, mas depois agradecemos e  abençoamos a dica. Não sei, se elas tem a coragem de nos dizer essas coisas por que sabem que nunca em nenhuma hipótese vão nos perder, ou se querem nosso bem acima da nossa amizade, ou pelo simples fato que Deus as criou para assumir este papel em nossas vidas. Que lindo isso!
  Eu sou feliz por minhas amizades, até por aquelas que já passaram. Aquelas que estão longe sabem que Deus freqüentemente recebe uma oração minha dizendo: -“Deus, permita que eu as encontre ainda uma vez mais nesta vida.”
Ah! Não posso deixar de falar das amigas terapeutas, que tentam sempre extrair o melhor de nós, nos encorajam, se solidarizam, fazem com que voltemos a sonhar e ao mesmo tempo tiram nossas ilusões do caminho, para possamos viver cada momento com qualidade, elas são as lavadoras de alma que nos elevam e acolhem e fazem lembrar e valorizar o que essa trajetória nos deu de bom, transformar o ruim em lições, em outras palavras, transformam nossa vida em um incrível romance! Somos eternamente gratas, e acho que a conversa de almas com elas foram marcadas quando nós nascemos, acho que antes de vir a terra dissemos a Deus: -“Senhor garanta que ela estará lá naquele momento crucial em que precisarei de um anjo em forma de gente!”hehheh! Obrigada!
Tem outras amizades, mas que vou falar mais adiante....


Clarissa,
Sou feliz por ser uma destas amigas.
Deixo aqui Milton Nascimento para fechar este post com chave de ouro!


Abraços
Keli
Ocorreu um erro neste gadget